São Sebastião

Festa de São Sebastião na Lapinha da Serra

tradição, cultura e história na Festa de São Sebastião na Lapinha da Serra

Lapinha da Serra além de ser um paraíso cravados entre as montanhas de Minas Gerais, guarda história, tradição e muita cultura. Assim como ocorre em diversas partes do país, em janeiro a Lapinha se movimenta com a tradicional Festa de São Sebastião . A novena começa no dia 10 de janeiro, a festa de comemoração acontece no fim, nove dias depois, como manda  a regra. Nos dias 19 e 20 o povo se reúne ao redor da igreja, participa do leilão oferecendo ou comprando itens, e no fim, como quase tudo na Lapinha, acaba em batuque.

A Festa em honra a São Sebastião é tradicional e movimenta a população local na Lapinha da Serra, além de turistas que querem curtir o local e conhecer um pouco da história. Grupos de cavaleiros, shows com música ao vivo, o tradicional batuque da Lapinha, fazem parte do calendário de 2017 da Festa.

Um pouco de história

São Sebastião era um soldado romano que foi martirizado por professar e não renegar a fé em Cristo Jesus. Sua história é conhecida somente pelas atas romanas de sua condenação e martírio. Nessas atas de martírio de cristãos, os escribas escreviam dando poucos detalhes sobre o martirizado e muitos detalhes sobre as torturas e sofrimentos causados a eles antes de morrerem. Essas atas eram expostas ao público nas cidades com o fim de desestimular a adesão ao cristianismo.

São Sebastião nasceu na cidade de Narbona, na França, em 256 d.C. Seu nome de origem grega, Sebastós, significa divino, venerável. Ainda pequeno, sua família mudou-se para Milão, na Itália, onde ele cresceu e estudou. Sebastião optou por seguir a carreira militar de seu pai.

No exército romano, chegou a ser Capitão da 1ª da guarda pretoriana. Esse cargo só era ocupado por pessoas ilustres, dignas e corretas. Sebastião era muito dedicado à carreira, tendo o reconhecimento dos amigos e até mesmo do imperador romano, Maximiano. Na época, o império romano era governado por Diocleciano, no oriente, e por Maximiano, no ocidente. Maximiano não sabia que Sebastião era cristão. Não sabia também que Sebastião,  sem deixar de cumprir seus deveres militares, não participava dos martírios nem das manifestações de idolatria dos romanos.

Por isso, São Sebastião é conhecido por ter servido a dois exércitos: o de Roma e o de Cristo. Sempre que conseguia uma oportunidade, visitava os cristãos presos, levava uma ajuda aos que estavam doentes e aos que precisavam.

Devoção a São Sebastião

Tal como São Jorge, Sebastião foi um dos soldados romanos mártires e santos, cujo culto nasceu no século IV e que atingiu o seu auge nos séculos XIV e XV, tanto na Igreja Católica como na Igreja Ortodoxa. São Sebastião é celebrado no dia 20 de janeiro. Existe também uma capela em Palatino, com uma pintura que mostra Irene tratando das feridas de Sebastião. Irene também foi canonizada e sua festa é no dia 30 de março.

Oração a São Sebastião

São Sebastião glorioso mártir de Jesus Cristo e poderoso advogado contra a peste, defendei a mim, minha família e todo o país do terrível flagelo da peste e de todos os males para que servindo a Jesus Cristo alcancemos a graça de participar de vossa Glória no céu. Amém.

Programação completa da Festa de São Sebastião na Lapinha da Serra

De 12/01 a 19/01

  • Dia 12 – 19h: Abertura das festividades a São Sebastião, terço e novena a São Sebastião.
  • Dia 13/01 – 19h: terço e novena a São Sebastião.
  • Dia 14/01 – 19h: terço e novena a São Sebastião / 20h Leilão
  • Dia 15/01 – 19h: terço e novena a São Sebastião. / 20h Bingo
  • Dia 16/01 – 19h: terço e novena a São Sebastião
  • Dia 17/01 – 19h: terço e novena a São Sebastião.
  • Dia 18/01 – 19h: terço e novena a São Sebastião, acompanhado do terço dos homens / 20h – Ornamentação da Cruz
  • Dia 19/01 – 19h: terço e novena a São Sebastião.

Dia 20/01 (Sexta-feira)

  • 19h: Missa com Padre Paulo e encerramento da novena
  • 20h: Levantamento da bandeira de São Sebastião com queima de fogos
  • 21h: Leilão
  • 22h: Show na praça com Vilmar e Trio Lapinhô, Anne Chaves

Dia 21/01 (Sábado)

  • 10h: Saída da cavalgada de Lapinha da Serra para Santana do Riacho
  • 12h: Concentração da cavalgada no bar da Bebel
  • 14h: Saída da cavalgada de Santana do Riacho para Lapinha da Serra carregando a imagem de São Sebastião
  • 16h: Chegada da cavalgada com a imagem de São Sebastião, na Lapinha da Serra
  • 17h: Apresentação do batuque da Lapinha e convidados
  • 20h: Missa com Padre José Luiz
  • 21h: Show de prêmios especiais
  • 22h: Show com a violeira Jéssica Soares, Ronan Vieira e participação especial de Leandro Emediato

Dia 22/01(Domingo)

  • 11h: Missa e batizado com Padre José Luiz
  • 12h a 15h: Almoço comunitário
  • 16h: Queima de fogos e encerramento da festa

Para conhecer um pouco mais sobre a Lapinha da Serra, clique aqui

festa-sao-sebastiao-lapinha
festa-sao-sebastiao-lapinha

Deixe um comentário