Cachoeira de Tabuleiro a maior cachoeira de Minas Gerais

Travessia de Lapinha da Serra a Tabuleiro é a pedida para o feriado de 15 de novembro

Travessia de Lapinha da Serra a Tabuleiro é uma das dicas para o feriado de 15 de novembro.

Cachoeira de Tabuleiro a maior cachoeira de Minas Gerais
Cachoeira de Tabuleiro a maior cachoeira de Minas Gerais

Um dos cenários mais lindos de Minas Gerais é sem dúvidas o encontrado no caminho que leva da Lapinha da Serra até a cachoeira de Tabuleiro, no Distrito de Tabuleiro, MG, à 19km da sede Conceição do Mato Dentro. O município guarda um rico patrimônio natural diverso e endêmico a ser descoberto pelo turista.

A cachoeira de Tabuleiro é dona do título de maior cachoeira de Minas Gerais, com 273 metros de queda e um visual de tirar o fôlego.

A vegetação predominantemente na região do Tabuleiro é o campo rupestre, com capões de mata atlântica e espécies de cerrado. O córrego Ribeirão do Campo, que deu nome ao Parque, corre formando várias piscinas naturais de água cor de caramelo até encontrar o Rio Preto, próximo à sede do distrito.

Uma das belezas naturais mais visitadas, a Cachoeira do Tabuleiro, que se encontra no distrito que leva o mesmo nome, também é conhecida como a ‘cachoeira do coração’, devido ao formato do paredão rochoso por onde despencam as águas.

Toda a diversidade do ecossistema local é encontrada durante o percurso de Lapinha a Tabuleiro, com seus campos rupestres, sempre-vivas, o típico cerrado mineiro e rios de água cristalina.

“Os acampamentos são montados ao redor das casas de simpáticos e acolhedores moradores locais que nos contam um pouco da cultura local e nos presenteiam com a típica culinária mineira. A caminhada é longa mas é tranquila. Há pausas para banhos nos riachos, fotos, lanches, até chegarmos diante de um paredão multicolorido, de beleza monumental, em formato de coração, com uma enorme queda d’água.

O trajeto pode ser realizado em 2 ou 3 dias. No trajeto de 2 dias o grupo tem acesso a parte de baixo da cachoeira de Tabuleiro e no trajeto de 3 dias é possível acessar a parte de baixo e parte de cima da cachoeira.

Os grupos são formados com antecedência e os nossos guias passam orientações importantes quanto ao comportamento nas trilhas e dicas de segurança que devem ser seguidos por todos.

Há grupos que preferem o pacote completo com alimentação + Guia + Entrada no Parque + Traslado de Tabuleiro voltando para a Lapinha, outros preferem pacotes customizados. Nosso objetivo é oferecer aos clientes a melhor experiência, por isso somos flexíveis quanto ao formato do passeio. Não há como negar que um dos atrativos é a comida mineira servida no ponto de apoio”, nos conta Anderson Rocha, da Lapinha Aventura, empresa especializada neste trajeto e que realiza mensalmente esta expedição guiando famílias, empresas e grupos de amigos.

Cachoeira de Tabuleiro a maior cachoeira de Minas Gerais
Cachoeira de Tabuleiro a maior cachoeira de Minas Gerais

O Parque de Tabuleiro é aberto ao público diariamente, das 7h às 16h, porém a entrada somente é autorizada em condições climáticas favoráveis. É cobrada uma taxa de visitação no valor de R$15,00 por pessoa e o limite de visitantes dentro do Parque é de 200 turistas por dia. Não são permitidas as atividades de esportes de aventura, como o rapel, a escalada, o base jump, entre outros. O local é sem dúvida alguma o maior atrativo não apenas do município, mas de toda a região, e assim como os demais pontos turísticos requer um cuidado exemplar.

Aqui vão algumas dicas do que não pode faltar neste passeio (Você precisa levar)

  • Protetor solar
  • Tênis confortável ou bota
  • Cantil ou garrafa com água
  • Roupas de frio e de banho
  • Mochila
  • Chapeu
  • Repelente
  • Barrinhas e cereais, frutas, lanches de trilha
  • Barraca

É importante que a travessia seja realizada com guias experientes pois há risco de se perder no alto da Serra e nas trilhas.

Serviço:

Quem faz a Travessia: Lapinha Aventura
Web Site: www.lapinhaaventura.com.br

Já conhece a cachoeira de Tabuleiro? Deixe ai seu comentário!

 

Deixe um comentário